Erik foi muito bem no BR-18. Ótimo que retorne ao clube. Como João Paulo ajuda a qualificar o time no meio-campo depois de longa e sensível ausência. Alan Santos retornando depois de 10 meses é boa notícia na cabeça da área.

Mas o Botafogo voltou a perder muita gente. Só apostar na boa molecada campeã brasileira sub-20 em 2016 é quase nada.

Não há equipe que desde então tenha se superado tanto. De um time ameaçado ao rebaixamento no BR-16 com Ricardo Gomes ao clube classificado para a Libertadores-17 com Jair Ventura. De ótima campanha na competição com pouco. Título estadual em 2018 com ainda menos. Campanha digna pelas limitações no BR-18.

Mas ainda menos gente qualificada e rodada em 2019. Zé Ricardo talvez exagere na tese de elenco enxuto. Não pode ser esquálido. Macérrimo.

Não pode ser o que pouco parece ser para este ano. Por três anos o Botafogo se superou. Não sei se por quatro.

Fonte: Blog do Mauro Beting - UOL