Gustavo Bochecha vem se tornando um nome certo na rotatividade no elenco de Zé Ricardo. Campeão brasileiro Sub-20 em 2016, o volante sofreu uma grave lesão na primeira partida profissional que fez, em 2017, e afirmou, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, que está contente com a volta por cima no elenco alvinegro.

– A lesão ninguém esperava, logo no primeiro jogo como profissional em 2017. Mas serviu de aprendizado, amadureci muito. Fico muito feliz com o meu momento atual, com as chances recentes. Venho trabalhando forte diariamente e espero dar sequência no meu trabalho – afirmou.

O volante foi titular na partida contra o Madureira, na última segunda-feira, e foi importante na virada de 2 a 1 do Alvinegro. Gustavo elogiou a ‘dor de cabeça’ que Zé Ricardo possui no meio-campo, elogiando a qualidade dos atletas desse setor e despistou sobre uma nova chance no onze inicial.- Alex Santana é um jogador de qualidade, mostrou isso no Paraná. Cícero é um jogador mais de posse de bola, o Alex é mais de força. Mas quem decide (sobre a titularidade) é o professor Zé Ricardo – comentou.

A vitória sobre o Tricolor Suburbano deu uma sobrevida ao Botafogo na Taça Rio. O Alvinegro ocupa a quarta posição do Grupo C, com 4 pontos. O próximo compromisso do Alvinegro será no domingo, contra o Fluminense, no Maracanã, às 19h.

– Sabemos que na classificação geral está complicado (garantir a classificação para a semifinal do torneio), mas temos três jogos pela frente. Fazendo conta, temos chances. O foco é a Taça Rio – finalizou.

Fonte: Terra