Bolívar não vê Flamengo como rival direto: ‘Seria se estivesse a um ou dois pontos’

Compartilhe:

A diferença do Botafogo, terceiro colocado, para o Flamengo, sétimo, no Campeonato Brasileiro é de nove pontos, faltando 11 rodadas para o fim da competição. Ou seja, são 33 pontos em disputa na briga pelo título, vagas na Taça Libertadores e fuga do rebaixamento. Os times se enfrentam, domingo, no Maracanã, pela 28ª rodada.

Essa vantagem do Botafogo na luta por uma vaga na Libertadores faz com que o zagueiro Bolívar não aponte o Flamengo como um adversário direto nessa disputa. No entanto, ele pede respeito no confronto.

– Há equipes mais próximas. Seria um adversário direto se estivesse a um ou dois pontos e com uma vitória pudesse nos ultrapassar. Mas precisamos pensar no Flamengo com muito respeito. Entrou um treinador que arrumou a casa e sabemos da força de seu time e torcida – afirmou Bolívar.

O confronto com o Flamengo será o quinto contra o rival este ano. O Botafogo venceu um, perdeu outro e houve dois empates. Para o deste domingo dificilmente um deles será surpreendido.

– Tenho certeza que o respeito do Flamengo pelo Botafogo também será grande. Perdemos só um clássico este ano, justamente para o Flamengo. A concentração em campo é que define o resultado do jogo – afirmou Bolívar.

Além do clássico deste domingo, os dois times ainda vão se encontrar no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, dia 23. No entanto, o zagueiro pede concentração total apenas no confronto pelo Campeonato Brasileiro.

– O do momento é o mais importante. Traçamos metas e podemos terminar a rodada do Brasileiro em segundo lugar. Depois, vamos pensar no confronto pela Copa do Brasil. Não podemos priorizar nada. Às vezes, você coloca o foco em uma competição e pode ter uma frustração por não conseguir. É uma competição de cada vez – alertou o zagueiro.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários