Bota reencontra pela frente Caio Jr. Renato Cajá e Camacho

Compartilhe:

O confronto desta quinta-feira entre Botafogo e Vitória trará à torcida do Glorioso nomes bem conhecidos, e que não deixaram o nome gravado no hall de ilustres do clube. Caio Júnior, Camacho e Renato Cajá, que vivem boa fase, podem “se vingar” do Alvinegro a partir das 19h30, no Maracanã, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, com transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

O treinador, antecessor de Oswaldo de Oliveira, depois que deixou o Rio de Janeiro, capengou por Grêmio, Al Jazira (EAU) e Bahia, mas se firmou de fato no rubro-negro baiano. Além de já ter conquistado o Estadual, ocupa a sexta posição no Brasileirão, a apenas dois pontos do próprio Botafogo, em terceiro.

Por sua vez, Renato Cajá, vendido pelo Alvinegro em 2011 para o Guangzhou Evergrande (CHI), voltou em definitivo apenas neste ano ao Brasil (em 2012 tinha sido emprestado à Ponte Preta). E em grande estilo. O camisa 10 é um dos destaques do time baiano ao lado de Maxi Biancucchi, artilheiro do Brasileirão com 7 gols.

Já Camacho, que disputou a Série B do Brasileirão em 20013 pelo Glorioso, passou por alguns times entre Arábia Saudita e Qatar, tendo ligeiro sucesso. O meia voltou neste ano ao futebol brasileiro como um dos pedidos de Caio Júnior e já se encaixou no time titular.

Os adversários o Botafogo já conhece, mas o momento de ambos pode fazer com que Oswaldo de Oliveira e sua turma sejam surpreendidos. Um dos dois lados vai poder mostrar quem realmente estava certo anteriormente, onde as histórias tomaram rumos diferentes e, curiosamente, se juntaram novamente nesta quinta-feira.

MANTENDO O ESQUEMA

Em alta na competição, o técnico Caio Júnior aposta na repetição da base do time titular do Vitória ao longo do campeonato, para seguir no pelotão de cima. Nesta partida os únicos desfalques do rubro-negro baiano serão o zagueiro Victor Ramos, suspenso, e o lateral-direito Nino Paraíba, lesionado.

– Acredito muito na repetição. Vimos equipes consagradas repetindo o sistema, a atitude, a tática, mesmo que o adversário saiba o que você vai fazer. Repetindo, em algum momento vai acontecer o que vem sendo feito ao longo do campeonato. Acho que a solução está na repetição. Não adianta inventar – disse o comandante.

NA PONTA DOS CASCOS

Mesmo com todos os problemas enfrentados pelo Botafogo nesta temporada, do fechamento do Engenhão a venda de jogadores importantes até a penhora de patrimônio pela Receita Federal, o Glorioso chega para o confronto em um bom momento. Atualmente no G4, o técnico Oswaldo de Oliveira não deve ter nenhum problema para a partida.

– Nosso padrão tem que ser esse. Mentalidade de quem quer ganhar o campeonato. Já é a decima rodada e o Botafogo não está no topo casualmente. Estamos lá em cima, com boa distância de times favoritos – afirmou Seedorf.

BOTAFOGO X VITÓRIA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 1/8/2013 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes:
Fabiano da Silva Ramires (ES) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

BOTAFOGO: Jefferson, Gilberto, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro, Vitinho e Seedorf; Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

VITÓRIA: Wilson; Daniel Borges, Gabriel Paulista, Fabrício e Danilo Tarracha; Michel, Cáceres, Escudero e Renato Cajá; Maxi Biancucchi e Dinei. Técnico: Caio Junior.

Fonte: Lancenet!

Comentários