Bota veta repor após ‘perder’ Lucas e banca 4º titular da base

Compartilhe:

 A fratura no tornozelo esquerdo sofrida por Lucas após uma entrada dura de Zé Roberto na derrota para o Grêmio por 2 a 1 no último domingo deve deixar o Botafogo sem seu lateral direito titular durante alguns meses. O Alvinegro, no entanto, não pensa em contratar um substituto. O time aposta que o jovem Gilberto será capaz de assumir a função no período e se tornar o quarto titular com origem nas categorias de base do clube de General Severiano. A comissão técnica ainda não sabe quando o jogador retornará.

O lateral de 20 anos deve mesmo permanecer com a vaga durante a ausência de Lucas, que ainda passará por cirurgia no tornozelo. Contratado junto ao Grêmio para ser opção imediata na posição, Edilson está recuperado de lesão muscular, mas aparece atrás do companheiro na corrida para estar entre os titulares de Oswaldo de Oliveira.

Longe da titularidade no São Paulo, o zagueiro Rhodolfo vive momento instável no tricolor; com apenas três jogos nas sete primeiras rodadas, o jogador ainda terá bom tempo para pensar se deve ou não permanecer no clube Hedeson Alves/VIPCOMM

“Infelizmente, a oportunidade de jogar não veio da maneira que eu planejava, com essa lesão do Lucas. Mas vou aproveitá-la da mesma forma. Já vinha trabalhando e estou pronto para isso”, disse Gilberto, que substituiu Lucas durante a partida contra o Grêmio, em Porto Alegre.

Gilberto seria o quarto jogador oriundo das categorias de base a assumir a vaga de titular. No momento, Dória, Gabriel e Vitinho são nomes que fazem parte da equipe ideal do técnico Oswaldo de Oliveira. O trio foi fundamental na conquista do Carioca deste ano. Eleito a revelação do Estadual, o atacante foi o último ganhar a condição, o que aconteceu após a venda de Fellype Gabriel ao Sharjah-EAU, em junho.

A crise financeira instaurada no clube após o aumento das penhoras realizadas pela Fazenda Nacional e a interdição do Engenhão por problemas na cobertura pesou bastante na decisão. O Botafogo nem mesmo foi atrás de substitutos para Andrezinho e Fellype Gabriel, que deixaram o time recentemente. O segundo, inclusive, era considerado como peça fundamental para o funcionamento tático da equipe pelo comandante Oswaldo de Oliveira.

Campeão carioca de juniores pelo Botafogo em 2011, Gilberto é tido como uma das promessas de sua geração no clube. O lateral chegou a ter rápidas passagens pela seleção brasileira sub-20 e tem participado dos treinamentos do elenco profissional desde o ano passado. Ao todo, o jovem fez oito partidas pela equipe principal, ainda sem marcar gols.

Fonte: UOL

Comentários