A presidente Dilma Rousseff aprovou a medida provisória que divide as dívidas tributárias dos clubes de futebol. E um deles, em especial, está bastante feliz com isso. O Botafogo tem R$ 15 milhões em dívidas, que serão parceladas no programa de refinanciamento.

A verba é do contrato do clube com a Viton 44, encerrado no fim do ano passado. O dinheiro foi depositado em juízo por conta das dívidas do clube com a Fazenda Nacional.

Se o Bota não puder utilizar esse dinheiro no programa de parcelamento, o dinheiro será usado para quitar parcelas atrasadas do Refis e da Timemania.

Fonte: Futnet