Depois de vencer o Corinthians, o Botafogo passará por um teste crítico pela luta contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, a equipe de Alberto Valentim tentará conquistar a primeira vitória fora de casa no returno diante da Chapecoense, às 19h30, na Arena Condá, pela 35ª rodada.

O Botafogo é o segundo pior time do returno, com nove pontos conquistados. Muito deste cenário se explica porque o Alvinegro não conquistou nenhum ponto sendo visitante. Em sete partidas, sete derrotas. Contra a Chapecoense, um resultado positivo será fundamental para colocar o Glorioso ainda mais acima da briga pela zona de rebaixamento.

– A expectativa boa, a gente vem de vitória boa sobre o Corinthians, precisa dar uma resposta, não vai ser fácil, principalmente nessa reta final. Vai ser muito importante para alcançarmos o quando antes os números para permanência na Série A – analisou Alberto Valentim, ao programa “Seleção SporTV”.

A última vez que o Botafogo voltou para o Rio de Janeiro com algum ponto na bagagem no Brasileirão foi no empate em 0 a 0 com o Ceará, em 14 de setembro. O triunfo fora de casa, consequentemente, foi mais distante ainda. Coincidentemente, foi em uma partida em Santa Catarina: contra o Avaí, por 2 a 0, com gols de Alex Santana e Marcelo Benevenuto, no dia 4 de agosto.

Com 39 pontos, a distância para o Cruzeiro, primeiro time na degola, é de três. Por mais que o Alvinegro leve vantagem na quantidade de vitórias, critério de desempate no confronto direto, com a Raposa, o risco ainda é existente. A comissão técnica traça a partida como chave para a sequência da equipe no Campeonato Brasileiro e Valentim projetou uma vitória.

Se o cenário em 2019 não é dos melhores, o histórico do Botafogo sobre o rival é animador. O Alvinegro não perde para a Chapecoense desde 2017 – nesta sequência, foram quatro vitórias e um empate para a equipe carioca. Na Arena Condá, o Glorioso acumula resultados positivos nos últimos dois anos: 1 a 0 em 2018 e 2 a 0 no ano anterior.

O objetivo do Botafogo é se afastar ainda mais da zona de rebaixamento, mas o da Chapecoense é lutar por sua sobrevivência na primeira divisão. Em caso de derrota, o Verdão D’Oeste será a segunda equipe rebaixada para a Série B do ano que vem, acompanhando os passos do rival Avaí.

Fonte: Terra