Botafogo: chapa de Walmer Machado responde notícia e diz estar dentro do prazo para alterações

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Walmer Machado, candidato a presidente do Botafogo na eleição de 2020
Walmer Presidente/YouTube

A chapa do candidato Walmer Machado enviou nota oficial com esclarecimento sobre a informação dada pela coluna “Em Grande”, de “O Dia”, de que está sendo obrigada a trocar 26 nomes que irão compor sua listagem, sendo 23 inadimplentes e três mortos. Ela é uma das três concorrentes na eleição para presidente do Botafogo, que ocorre no dia 24 de novembro.

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

Leia a nota abaixo:

“NOTA OFICIAL DE ESCLARECIMENTO DA CHAPA VERDE – O MAIS TRADICIONAL.

Em resposta a notícia veiculada pelo Jornalista Edilson Silva no OdiaOnline, a Chapa Verde – O Mais Tradicional informa que a Colenda Junta Eleitoral, entendendo o período de pandemia que enfrentamos, concedeu o prazo de trinta dias (o qual se encerrará dia 24 de outubro) para que todas as chapas fizessem as alterações que porventura fossem necessárias.

Portanto, a divulgação de qualquer informação relativa à nossa Chapa é precipitada e leviana, considerando estarmos dentro do prazo fornecido pela Junta Eleitoral.

Esse debate político antecipado feito pelas outras duas Chapas de situação (uma composta pelo Mais Botafogo, que ATUALMENTE ocupa as cadeiras do Conselho Diretor; e a outra Chapa Preta e Branca, que ocupa ATUALMENTE as cadeiras do Comitê Gestor do futebol) mostra completo desespero em relação a nossa campanha ao tentarem conturbar o processo eleitoral que ainda nem se iniciou.

Somos a ÚNICA OPOSIÇÃO aos atuais mandatários do Botafogo de Futebol e Regatas, uma vez que nossos membros NÃO compõem atualmente nenhuma Diretoria, Comitê e Gestão no Botafogo, e aqueles que não querem largar o poder não nos impedirão de lutar para resgatar o Botafogo de Futebol e Regatas.

Nada e ninguém irá parar a CHAPA VERDE – O MAIS TRADICIONAL. #JUNTOSRUMOAMUDANCA #CONTRATUDOECONTRATODOS”

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas