Botafogo chega com atraso de duas horas a Guaiaquil e treino muda de lugar

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Depois de um atraso de cerca de duas horas, a delegação do Botafogo enfim chegou em Guaiaquil, no Equador, onde ficará até a manhã de quarta-feira, quando viajará para Quito, local da partida contra o Deportivo Quito, às 22h (horário de Brasília e 19h, no horário local). E o jogador mais assediado foi o atacante Juan Carlos “El Tanque” Ferreyra, que passou pelo futebol equatoriano e jogou por Barcelona, Deportivo Cuenca e Macará.

Assim que Ferreyra apareceu no saguão do Aeroporto Internacional José Joaquin de Olmedo, os jornalistas equatorianos ficaram eufóricos e correram para entrevistá-lo.

O atacante falou sobre altitude e a passagem fraca pelo Barcelona, onde não conseguiu se firmar após ser contratado com boas expectativas. Tanque disse que não volta ao país com sentimento de revanche e a fim de calar os críticos.

– Não (clima de revanche). Por quê revanche? Estou numa outra equipe e vou fazer de tudo para conseguir a vitória – afirmou Ferreyra, que espera dificuldades na altitude de 2.800 metros.

Vai ser difícil, pois não estamos acostumados com a altitude, mas estamos preparados para trazer um bom resultado. Esperamos assim conseguir no Brasil a classificação.

Devido ao atraso, existia a possibilidade do treinamento marcado para o CT do Barcelona, às 19h no horário local (22h no horário de Brasília), ser cancelado. Contudo, houve apenas uma troca no local da atividade, que agora será na Ciudad Deportiva Carlos Perez Perasso.

Notícias relacionadas