A diretoria do Botafogo deu o primeiro passo na sua procura por um novo treinador. O gerente de futebol, Antônio Lopes, fez o primeiro contato com Doriva, que recentemente deixou o Vasco. Na conversa, o dirigente alvinegro quis saber sobre a atual situação profissional do treinador e seu possível interesse em comandar o Alvinegro na Série B do Brasileiro.

O Botafogo não tem pressa para escolher seu próximo treinador. Doriva tem o perfil ideal para o cargo, mas a novela que envolveu o nome do técnico e o interesse do Grêmio em tirá-lo do Vasco está sendo analisada pela diretoria.

Um segundo nome seria Ricardo Drubscky. O ex-treinador do Fluminense trabalhou com Antônio Lopes no Atlético-PR, e conta com o respeito do gerente alvinegro.

— Estou feliz por ter meu nome cotado para assumir o Botafogo. Caso aconteça, será muito bom — disse Drubscky.

Neste momento, os dois nomes são os mais cotados. Marcelo Cabo, do Macaé, foi descartado pela diretoria em função da pouca experiência. Nomes mais caros também estão fora da realidade do clube.

O presidente Carlos Eduardo Pereira, ao lado de Antônio Lopes e Antônio Carlos Mantuano, vice-presidente de futebol, estará à frente da escola. O mandatário gosta do nome de Doriva, enquanto Lopes prefere a chegada de Drubscky.

Fonte: Extra Online