Botafogo e Ponte se enfrentam à caça de concorrentes diretos

Compartilhe:

Se olhar a tabela, Botafogo (2º lugar) e Ponte Preta (19º)  não têm absolutamente nada em comum. Porém, desesperado na caça de seus concorrentes diretos, eles sabem que a partida deste sábado, às 21h, no Maracanã, com transmissão em tempo real pelo LANCE!Net, é fundamental para os objetivos de cada um. Um revés pode custar caro lá na frente.

Pelo lado carioca há a sensação de favoritismo em razão do momento vivido pela Macaca, porém, a confiança do outro lado é grande para quebrar um tabu. Sem nunca ter vencido no Maracanã, os paulistas querem manter o sentimento de alegria após a vitória diante do Deportivo Pasto (COL) pela Copa Sul-Americana. A partida tem tudo para pegar fogo!

SEM CHANCES PARA ERRO

A oito pontos do líder Cruzeiro, o Botafogo não tem mais tempo e motivos para errar. Na busca pelo título do Brasileirão, o Alvinegro precisa derrotar a Ponte neste sábado e secar a Raposa no domingo, quando ela enfrenta o Internacional. Para o volante Gabriel, o momento é de vencer, até em detrimento de uma partida plástica ou bonita:

– O jogo pode ser meio a zero ou 9 a 8, o que importa são os três pontos no fim. É isso que eu quero quando deixar o campo. Sabemos da importância das partidas em casa no Brasileiro e não podemos deixar isso passar. Faremos de tudo para conquistar essa vitória.

Sem Elias, machucado, Oswaldo de Oliveira repetirá a formação que empatou em 1 a 1 com o Flamengo na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Com Hyuri no meio de campo, ele pretende dar mais velocidade ao setor ofensivo do Glorioso. Com isso, Rafael Marques segue como a referência do ataque.

Suspenso na quarta-feira, o zagueiro Bolívar retorna ao time titular, e Dankler ao banco de reservas. O “General”, como é chamado pelo elenco, é um dos líderes da equipe e tem muita influência dentro do grupo. O retorno dele pode ser primordial.

CONFIANÇA TOTAL

Apesar da situação complicada na tabela – a oito pontos do Flamengo, o primeiro time fora da zona de rebaixamento -, o sentimento na Ponte Preta ainda é de confiança. A equipe quebrou uma sequência negativa de oito jogos sem vencer há duas rodadas, diante do Corinthians, no Moisés Lucarelli – vitória por 2 a 0. No jogo seguinte, no último domingo, atuou bem novamente e enfrentou o Atlético-PR de igual para igual, no Durival Britto, mas não aproveitou as chances e saiu derrotada por 1 a 0.

Na última quarta-feira, mais uma injeção de ânimo nos jogadores pontepretanos. A equipe entrou para história da Macaca, vencendo o primeiro jogo internacional dos 113 anos de fundação do clube – 2 a 0 sobre o Deportivo Pasto (COL), pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Agora, o elenco pode marcar o nome novamente na história, já que a Ponte nunca venceu no Maior do Mundo.

Para a partida diante do Botafogo, o técnico Jorginho terá dois importantes desfalques: o atacante William, vice-artilheiro do Brasileirão, com 11 gols, cumprirá suspensão automática por conta do terceiro cartão amarelo, enquanto o meia-atacante Chiquinho, que deixou o último jogo com dores musculares na coxa, foi vetado pelo departamento médico. As principais opções para o treinador são o atacantes Adaílton e a estreia do meia Elias como titular.

Jorginho faz mistério e não divulgou a escalação. As outras opções são a entrada do zagueiro César ou do volante Alef, utilizado na partida contra o Timão. Nos dois casos o time ficaria, em tese, mais defensivo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X PONTE PRETA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 28/9/2013 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira e Fábio Pereira

BOTAFOGO: Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro, Seedorf e Hyuri; Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

PONTE PRETA: Roberto, Artur, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fellipe Bastos, Adrianinho e Elias (Alef); Rildo e Adaílton. Técnico: Jorginho.



Fonte: Lancenet!
Comentários