Botafogo evita na Justiça penhora de R$ 1,5 milhão referente a processo de 2002

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

General Severiano, sede social do Botafogo de Futebol e Regatas
Vítor Silva/SSPress/Botafogo

O Botafogo conseguiu evitar na Justiça uma penhhora de cerca de R$ 1,5 milhão referente a tributos e impostos federais não pagos junto à Fazenda Nacional, em processo que corre desde 2002. A informação é do site “Esporte News Mundo”.

O desembargador Theophilo Antônio Miguel Filho, da 3ª Turma Especializada do TRF-2, atendeu um pedido do Botafogo e concedeu liminar suspendendo a penhora, que havia sido expedida no meio do ano pela juíza federak Fernanda Duarte Lopes Lucas da Silva, da 3ª Vara Federal de Execução Fiscal da Justiça Federal do Rio.

A dívida era de R$ 4.441.158,70, mas o Botafogo conseguiu amortizar o débito ao longo dos anos, como por exemplo por meio de bloqueio de parte do shopping localizado em General Severiano. A ordem inicial da penhora tinha sido proferida em 2013, sobre a venda de Fellype Gabriel.

Fonte: Esporte News Mundo e Redação FogãoNET

Notícias relacionadas