Nesta sexta, em horário não divulgado, os presidentes de Botafogo, Flamengo e Fluminense se reunirão com o governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, para dar mais um passo no projeto de utilização do Luso-Brasileiro, estádio da Portuguesa/RJ, na próxima temporada.

Os três clubes buscam alternativas para compensar as ausência de Maracanã e Engenhão, que estarão reservados exclusivamente aos Jogos Olímpícos de 2016, a serem realizadas na cidade do Rio.

Caso ocorra tudo dentro do esperado, o Luso-Brasileiro sediará os compromissos de alvinegros, rubro-negros e tricolores nos Campeonatos Carioca e Brasileiro, além da Copa do Brasil. Por ter São Januário, o Vasco não faz parte dessa união, que, dentre outros atributos, ampliará a capacidade do estádio de cinco mil para vinte mil espectadores.

No segundo semestre de 2005, quando o Maracanã estava fechado para reformas , visando os Jogos Pan-Americanos, que aconteceriam dois anos depois, no Rio, Flamengo e Botafogo também mandaram seus jogos no campo da Portuguesa/RJ. Já o Fluminense, naquela ocasião, usou as dependências do Estádio da Cidadania, em Volta Redonda e, perto do encerramento, atuou em São Januário.

Fonte: FutNet