O Botafogo segue se preparando para o duelo contra o Grêmio no próximo domingo, às 17h (de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O “Glorioso” precisa de um triunfo para não depender de nenhum outro resultado e assegurar a sua vaga na Libertadores. Para muitos, o jogo pode sofrer influências da decisão da Copa do Brasil.

Nesta quarta-feira o Grêmio, que já venceu o Atlético-MG por 3 a 1 na partida de ida, será campeão mesmo perdendo em casa por um gol de diferença. Se confirmar o favoritismo, o representante gaúcho se garante na ibertadores. O fato, porém, é minimizado pelos botafoguenses.

“O Grêmio sempre vai ser um adversário complicado de ser batido em casa, independentemente da situação dele no campeonato, de vir de título ou de derrota. Não podemos esperar nada diferente disso”, explicou o zagueiro Emerson Santos.

O lateral-esquerdo Diogo Barbosa concorda.

“Se eles forem campeões, vão querer fazer um jogo de exibição para que a festa não seja estragada. Se perderem entrarão mordidos, querendo ganhar de qualquer maneira. Portanto, estamos nos preparando para uma decisão”, disse Diogo.

Na manhã desta terça-feira o técnico Jair Ventura comandou um treino tático bem diferente em General Severiano, com uma baliza de um lado de campo e duas do lado oposto. A definição do time que vai enfrentar o Grêmio ainda não aconteceu.

O lateral-direito Alemão, que vinha de fora por conta de uma lesão no tornozelo direito, voltou a trabalhar com o grupo e tem chances de participar do jogo contra o Grêmio.

Para esta partida Jair Ventura tem o retorno dos zagueiros Joel Carli e Emerson Silva e do meia Leandrinho, que cumpriram suspensão no empate por 1 a 1 com a Ponte Preta.

Já o volante Dudu Cearense e o atacante Neilton estão suspensos por terem sido advertidos com o terceiro cartão amarelo diante da Macaca. O time deverá começar a ser definido no treino previsto para a manhã desta quarta-feira.

Fonte: ESPN.com.br