Passada a vitória de 2 a 1 sobre o Flamengo no clássico de sábado, o Botafogo já projeta o confronto com a Chapecoense na próxima quinta-feira, feriado de 15 de novembro, às 17h (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 41 pontos conquistados, o Glorioso se distanciou da zona de rebaixamento, integrada pelo time catarinense. Porém, como o risco de queda não foi completamente afastado, o campeão carioca sabe que precisa buscar o resultado positivo e minimiza a delicada situação do rival.

O zagueiro Igor Rabello espera um duelo complicado.

“Temos que superar tudo neste momento para buscarmos uma vitória, pois vai ser um jogo muito complicado. Além da viagem, a Chapecoense tem um time em condições de nos criar muitas dificuldades e conta com jogadores experientes. Precisamos estar atentos os noventa minutos”, disse o defensor.

O pensamento é compartilhado pelo volante Matheus Fernandes.

“Trata-se de um jogo muito perigoso pois a Chapecoense, apesar de estar brigando na zona de rebaixamento, costuma ser muito forte quando joga dentro de casa. O time conquistou vitórias importantes como mandante, ganhando inclusive de times que estão brigando pelo título nacional, como o Inter por exemplo. Será um jogo com características de muita pegada e temos que estar em um grande dia se quisermos atingir os nossos objetivos. Um triunfo praticamente coloca fim ao risco de rebaixamento e nos dará uma tranquilidade para o que está por vir nesta reta final”, disse o jogador.

Para este compromisso o técnico Zé Ricardo perdeu o volante Rodrigo Lindoso, suspenso por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Flamengo. Jean, se recuperando de dores na coxa esquerda, pode ocupar a vaga. Mas, caso não melhore, Gustavo Bochecha assume o posto. Com lesão na coxa direita, o meia Luiz Fernando deverá ser preservado e Rodrigo Pimpão deve ser utilizado. Renatinho é outra opção.

O time treina nesta terça-feira à tarde, quando Zé Ricardo começa a definir a escalação para o duelo contra a Chapecoense. A segunda-feira foi marcada apenas um trabalho regenerativo, com os titulares ficando na academia. Um esboço de time para este duelo no Sul teria: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Jean (Gustavo Bochecha), Matheus Fernandes e Leonardo Valencia; Rodrigo Pimpão (Renatinho), Erik e Brenner.

Fonte: Gazeta Esportiva