Botafogo não deve procurar substituto para função deixada por Túlio Lustosa

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Túlio Lustosa - Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo não deve procurar um novo gerente de futebol para ocupar a função que está vaga após a demissão de Túlio Lustosa neste sábado, informa o “Canal do TF”.

A tendência é que Eduardo Freeland, contratado na gestão Durcesio Mello para ser diretor de futebol, comande a pasta sem novos auxiliares. Uma das poucas contratações será o supervisor Bruno Coev, que deixou o Flamengo na última semana.

Por conta da questão financeira, o Botafogo deve ter um departamento de futebol mais enxuto na temporada 2021. Túlio, que vestiu a camisa do Botafogo como jogador, havia sido contratado no dia 1º de outubro para a gerência de futebol do Glorioso.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do TF

Notícias relacionadas