Após a vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, o Botafogo evita olhar para baixo na tabela do Campeonato Brasileiro e já mira uma melhor posição. De acordo com o ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, o objetivo a três jogos do fim passou a ser a décima colocação. Hoje em 13º, o Fogão está a três pontos do Bahia.

– A gente está hoje nessa situação, mas nossa meta é o 10º lugar, porque a premiação aumenta. A gente ontem já passou Atlético-MG, acho que temos como passar o Vasco o Bahia, sei lá, quem estiver na nossa frente. Temos que ganhar do Internacional. Acho que se a torcida continuar a fazer o que tem feito, nós vamos chegar lá – declarou Montenegro à Rádio Brasil.

O ex-dirigente, até hoje influente no clube, agradeceu a botafoguenses ilustres pela colaboração na campanha.

— Alívio total. Há vários botafoguenses ilustres que se juntaram para ajudar nessa reta final. Realmente tinham algumas coisas erradas de gestão, os jogadores estavam muito abandonados, mas eu acho que pessoas que eu admiro muito, o Cláudio Good, o Manoel Renha, o Ricardo Rotenberg, o Paulo Mendes, todas essas pessoas ajudaram bastante o Botafogo. De todas as formas. O Nelson Mufarrej foi fantástico porque deu carta branca. E chegamos! É bom quando você é recompensado. Estão todos de parabéns, jogadores, Valentim. Agora o grande homenageado é a torcida e eu quero abraçá-la sábado – afirmou.

Confira abaixo a premiação do Campeonato Brasileiro:

Campeão – de R$ 18,1 milhões, em 2018, para R$ 33 milhões
2º lugar – de R$ 11,4 milhões, em 2018, para R$ 31,35 milhões
3º lugar – de R$ 7,75 milhões, em 2018, a R$ 29,7 milhões
4º lugar – de R$ 5,6 milhões, em 2018, para R$ 28 milhões
5º lugar – de R$ 4,1 milhões, em 2018, para R$ 26,4 milhões
6º lugar – de R$ 2,8 milhões, em 2018, para R$ 24,75 milhões
7º lugar – de R$ 2,4 milhões, em 2018, para R$ 23,1 milhões
8º lugar – de R$ 2,1 milhões, em 2018, para R$ 21,45 milhões
9º lugar – de R$ 1,8 milhão, em 2018, para R$ 19,8 milhões
10º lugar – de R$ 1,6 milhão, em 2018, para R$ 18,15 milhões
11º lugar – de R$ 1,4 milhão, em 2018, para R$ 15,5 milhões
12º lugar – de R$ 1,2 milhão, em 2018, para R$ 14,6 milhões
13º lugar – de R$ 1,1 milhão, em 2018, para R$ 13,7 milhões
14º lugar – de R$ 950 mil, em 2018, para R$ 12,8 milhões
15º lugar – de R$ 850 mil, em 2018, para R$ 11,9 milhões
16º lugar – de R$ 740 mil, em 2018, para R$ 11 milhões

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Brasil