O Botafogo é muito maior que um clube de futebol. Sob esse conceito, surgiu um projeto itinerante e especial no basquete, que prima por fazer a diferença em crianças e jovens através do esporte. Através de oficinas ministradas por atletas experientes, busca promover os fundamentos da modalidade e atrair talentos para as diversas categorias do clube. A clínica realizada no CIEP 113 Waldick Pereira, em Nova Iguaçu, foi um sucesso.

– A Baixada Fluminense é muito carente de projetos assim. Vi meninas e meninos tremendo e falando que nunca tinham chegado tão perto de um atleta – destacou o Diretor de Basquete Marcos Guinancio, que em seguida avaliou a importância de ações como essa para o clube.

– Experiência bacana. Faço isso em vários colégios da Baixada Fluminense. Pode parecer pouco, mas aproxima e torna o Botafogo ainda maior – concluiu Guinancio.

Com a quadra de esportes lotada, os atletas David e Arnaldo explicaram aos cerca de 1.200 alunos do colégio como trabalhar a bola laranja. Em dia animado, o resultado foi muito satisfatório.

– Nossa ideia é encher de crianças a nossa base. Estamos fazendo isso há um tempo. Além das aulas, distribuímos camisas, brindes, ampliando o número de crianças e torcedores mirins através do basquete. Esse é objetivo do projeto que está em andamento, que é deixar o nosso basquete itinerante, percorrendo diversas localidades – comentou o Diretor de Basquete Eduardo Garrido.

Fonte: Site oficial do Botafogo