O Botafogo inicia hoje (1º), às 19h (horário de Brasília), diante do Boavista, um novo ciclo na temporada. Por mais que Paulo Autuori já tenha estreado na classificação sobre o Náutico, na Copa do Brasil, a partida no Nilton Santos será a primeira em que será possível perceber o trabalho do novo treinador.

Há grande expectativa por algumas estreias. Mas a mais esperada delas não acontecerá. Keisuke Honda já está em forma, mas ainda não conseguiu a documentação para exercer sua profissão em solo brasileiro. O Botafogo corre contra o tempo, mas sabe que conseguir o visto no Japão é algo que realmente leva tempo.

“A situação do Honda é normal. Vivi no Japão e sei das dificuldades sobre visto de trabalho. Quando nós vamos para lá também é um processo complexo. Tem a ver com a cultura de lá também. Fizemos jogos-treinos até para dar essa experiência a ele, mais ritmo de jogo. Ele vai estar em condições de estrear assim que estiver regularizado fora de campo. Espero que seja contra o Flamengo”, disse Autuori, referindo-se ao jogo do dia 7.

Enquanto isso o Botafogo tem outra estreia pela frente. Gabriel Loco Cortez está regularizado e pronto para entrar em campo. Sua titularidade contra o Boavista parece o mais provável, mas ainda não foi confirmada pelo técnico Paulo Autuori.

“Sobre o Cortez, já está em condições e é uma opção. É uma opção bem viável. Vamos aproveitar hoje e amanhã para fazer alguns ajustes sobre a equipe que vai iniciar. Não vai ser muito diferente da que jogou contra o Náutico”, completou o treinador do Botafogo.

Eliminado ainda na primeira fase da Taça Guanabara, o Botafogo precisa levar a Taça Rio ou fazer a melhor campanha geral para chegar à final do Campeonato Carioca. Levar o segundo turno parece uma missão mais fácil já que está seis pontos atrás do líder Fluminense.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X BOAVISTA

Data e hora: 01/03/2020, às 19h (horário de Brasília)
Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho
Auxiliares: Michael Correia e Guilherme Vogas Tavares

Botafogo: Gatito Fernández; Barrandeguy, Marcelo, Ruan Renato e Guilherme Santos; Thiaguinho, Alex Santana, Bruno Nazário, Loco Cortez e Luiz Henrique; Cícero. Técnico: Paulo Autuori

Boavista: Klever, Wellington Silva, Douglas Pedroso, Elivelton e Jean; Fernando Bob, Erick Flores, Jefferson Renan e Michel; Tartá e Caio Dantas Técnico: Paulo Bonamigo

Fonte: UOL