Em má fase no ataque – são três rodadas sem marcar um gol -, o Botafogo reencontra um jogador que poderia ter resolvido os problemas ofensivos do time. Apenas poderia. Rafael Oliveira agora está no elenco do ABC, que é adversário do Alvinegro a partir das 21h30 desta terça-feira.

O jogador foi protagonista de uma enorme “confusão” durante negociação pela sua transferência para o Rio de Janeiro, em julho.

O negócio não aconteceu por causa dos diversos pedidos do Santa Rita-AL, clube dono dos direitos do jogador. O Botafogo abriu espaço para Rafael Oliveira treinar no Engenhão, mas desistiu da “briga” para ter o reforço e o devolveu dias depois. O atacante foi emprestado ao ABC na sequência. À época tratado como solução após a saída de Bill do Alvinegro, Rafael Oliveira nem mesmo é titular do clube de Natal.

O reencontro acontecerá se o atacante tiver mais uma chance com o técnico Toninho Cecílio. Em quatro partidas disputadas pelo ABC, Rafael Oliveira foi titular em apenas uma oportunidade. E teve que sair de campo ainda no primeiro tempo da derrota para o Ceará por causa de uma lesão no tornozelo. Nos demais jogos, entrou como reserva. Marcou apenas um gol desde que chegou ao ABC.

O ataque é o principal problema do técnico Ricardo Gomes atualmente. O time pouco produz ofensivamente e vive jejum de três partidas sem balançar as redes – são apenas dois gols marcados nos últimos sete jogos. O jovem Luis Henrique teve chances, mas perdeu vaga de titular na derrota para o Santa Cruz para o uruguaio Navarro.

Contra o ABC, integrante da zona do rebaixamento e dono da segunda pior defesa da Série B com 27 gols sofridos, o Botafogo tenta encerrar má fase para se manter no G-4. Chance para os atacantes que ganharam espaço com a passagem relâmpago de Rafael Oliveira pelo Rio de Janeiro.

Fonte: BOL