O presidente Nelson Mufarrej vê avançar o projeto de clube-empresa do Botafogo, apesar do cenário de dificuldade. Em entrevista ao site “Globoesporte.com”, ele revelou que há reuniões semanais sobre o tema.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

– Mesmo com toda essa paralisação, semanalmente as reuniões com a equipe de trabalho que coordena o projeto Botafogo S/A têm sido realizadas. Não temos tempo a perder. Penso que a crise sempre abre janelas de oportunidade, então é importante acompanhar a dinâmica do mercado e direcionar o trabalho considerando esse novo contexto – afirmou Mufarrej ao site “Globoesporte.com”.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Botafogo acredita que a desvalorização do real pode facilitar a entrada de investidores estrangeiros. O projeto consiste em transformar o futebol do clube em empresa, com aporte inicial de cerca de R$ 300 milhões para o pagamento de dívidas de curto e médio prazo.

Fonte: Globoesporte.com