A crise mundial provocada pela pandemia de coronavírus pode ter impacto financeiro no Botafogo. O vice de finanças Luiz Felipe Novis, em entrevista ao blog Dinheiro FC, de “O Globo”, não fez prognóstico para o futuro, mas ressaltou uma preocupação.

— A preocupação está na questão salarial. Já estamos fazendo pagamento via sindicato – alertou o Novis.

O dirigente foi alvo de brincadeiras o ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, atual integrante do comitê executivo de futebol do clube. Segundo ele, o vice de finanças está acostumado com crises.

— É a coisa mais fácil do mundo para ele. Ele está há um ano e meio sem dinheiro algum – brincou Montenegro.

Com o futebol paralisado por 15 dias, o Botafogo deve dois meses de salários a funcionários e tem dívidas com os jogadores relativas a direitos de imagem.

Fonte: Redação FogãoNET e blog Dinheiro FC (O Globo)