Polêmica. Após divulgação de que 2.601 pessoas acompanharam a partida entre Campinense e Botafogo, no estádio Amigão, pela Copa do Brasil, o clube carioca discordou dos números reportados pela diretoria da Raposa.

Por ser o clube melhor ranqueado, o Botafogo, inclusive, tem o direito de embolsar 60% da renda líquida do confronto (como previsto em regulamento) realizado na noite de quarta-feira. O Campinense, mandante do jogo, ficaria com 40%.

Emitido pela Federação Paraibana de Futebol (FPF), consta no boletim financeiro da partida que Botafogo “não concorda com a renda e público declarado”. O documento foi encaminhado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Conforme renda divulgada, o Campinense informa que o valor apurado foi de R$ 16.707,95. Deste montante, o Botafogo embolsaria R$ 10.024,77 e a raposa R$ 6.683,18. Conforme comunicado à imprensa, o Botafogo informou que acionará o departamento jurídico para apurar o caso.

Fonte: Portal T5