Com o anúncio do candidato à presidência do Vasco, Leven Siano, que Yaya Touré jogará no clube em 2021 caso ele vença a eleição, ficaram dúvidas no ar, como a veracidade do acordo, a negociação com o Botafogo e se o craque poderia atuar em 2020 em outra equipe.

Em entrevista ao site “Globoesporte.com”, disse que teve ajuda do ex-diretor do Barcelona, Francisco López, e que o Botafogo foi por caminho errado.

– Até onde entendi, pelo que ouvi falar, os dirigentes do Botafogo estavam achando que estavam negociando com o agente do Yaya e na verdade estavam negociando com um cara que cuida das mídias sociais do Yaya. Não sei quem foi, alguém do Botafogo (Ricardo Rotenberg) falou o nome de um cara que cuida das redes sociais dele (Leon Mann) – argumentou Leven Siano.

O candidato não acredita que Yaya Touré, de 37 anos, jogue em 2020.

– Ele está comprometido com a gente, e do jeito que a situação do futebol está devido à pandemia… Se o futebol estivesse normal, não fosse a pandemia, isso poderia ser mais complicado. Acredito que, pela pandemia, essa possibilidade é quase nula – disse.

O contrato de Yaya Touré com o Vasco, caso Leven Siano vença, será de dois anos e com valores em euro.

Fonte: Redação FogãoNET e Globoesporte.com