A reaproximação de Botafogo e Montillo está esquentando. Depois de anunciar a aposentadoria no dia 29 de junho, em coletiva no Nilton Santos, o argentino está repensando a atitude e já iniciou trabalhos físicos nos últimos meses. Sempre que foi questionado sobre a possibilidade de retornar aos gramados, o meia não descartou e colocou o clube alvinegro como prioridade em uma possível volta.

Se há vontade por parte de Montillo em defender o Botafogo, pelo lado do clube não é diferente. O atual presidente alvinegro, Carlos Eduardo Pereira, falou sobre as chances, nesta terça-feira (03), durante um evento com patrocinadores em General Severiano. O mandatário enxerga com bons olhos e se colocou à disposição para conversas, mas com um detalhe: cautela em relação ao salário alto.

“É um grande jogador, foi um grande jogador nosso. Infelizmente para ele e para nós, não foi possível contar com ele na plenitude no ano de 2017, mas foi um atleta que deixou todas as portas abertas no Botafogo. Eu tenho certeza que nossa relação é muito boa. Se for momento de retomar o dialogo para 2018 será um prazer conversas para ver se ainda temos pontos em comum para desenvolver. Quem sabe? O Nelson (Mufarrej, atual VP Geral e candidato à presidência) deverá ser ouvido para sua avaliação e o VP de Finanças porque o Montillo é um jogador de peso e o salário também é de peso. Tudo isso tem que ser considerado”, disse.

Fonte: Esporte Interativo