Em entrevista à Rádio Tupi, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, garantiu que o clube só vai liberar o volante Bruno Silva para o Cruzeiro quando os mineiros efetuarem o pagamento de R$ 4 milhões acordados. Com isso, Bruno vai para a Toca da Raposa e o atacante Roni virá para o Glorioso.

– O que ocorre com relação ao Cruzeiro é uma divergência em relação à data do pagamento. O Botafogo quer que o pagamento seja feito o mais rápido possível, para que os jogadores possam se apresentar nos novos clubes: o Roni no Botafogo e o Bruno no Cruzeiro. Enquanto não houver o pagamento, o Botafogo não fará a liberação do jogador, nem de nenhuma documentação. Quanto mais rápido o Cruzeiro fazer o pagamento daquilo que combinou com o Botafogo, teremos condição de realizar o negócio. Falta a elaboração dos instrumentos contratuais, imagino que os departamentos jurídicos dos dois clubes tenham muita coisa a ajustar – disse CEP.

Fonte: Super Rádio Tupi