Em entrevista à Rádio Tupi, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, confirmou que o clube está em débito com jogadores e comissão técnica, mas avisou que espera que a situação seja resolvida nesta segunda-feira. O salário de novembro, o décimo-terceiro e férias ainda não foram pagos.

– Por uma questão de gestão de recursos, dividimos os pagamentos dos salários e 13º em etapas, devemos concluir esta etapa na próxima segunda-feira. É uma diferença no fluxo de caixa, em função da perda de arrecadação com a premiação no Brasileiro, com a posição que o Botafogo ficou no final, e em função da eliminação na Libertadores que causou um impacto no nosso fluxo de caixa. Nada além disso – disse CEP, minimizando o problema.

O Botafogo vinha mantendo os salários rigorosamente em dia desde março de 2016.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Tupi