Chamusca explica Kayque no banco e opção por Rickson no Botafogo: ‘Faz também o corredor pela direita’

24 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Rickson em Vasco x Botafogo | Campeonato Carioca 2021
Vítor Silva/Botafogo

O técnico Marcelo Chamusca explicou a opção por Rickson e a escolha por colocar Kayque, tão pedido pela torcida, no banco para o clássico do Botafogo contra o Vasco, que terminou empatado em 1 a 1 neste domingo, em São Januário.

A opção pelo Rickson foi tática, não técnica. Com o Rickson, tinha duas possibilidades de formatação: poderia usar ele por dentro com um tripé de volantes, dando mais liberdade ao Marcinho e ao Warley, e também com ele fazendo o corredor pelo lado direito, que foi a formação que usamos no segundo tempo, com o Marcinho centralizado, quando crescemos – afirmou Chamusca, completando:

– Funcionamos melhor com esse posicionamento. Como tivemos muitos problemas com os volantes durante essa semana, perdemos o Pedro Castro, o Luiz Otávio, o Romildo só será liberado amanhã para começar a trabalhar com bola, a estratégia foi guardar o Kayque para o segundo tempo. Ele entrou muito bem, fiquei muito satisfeito com ele.

Siga o @fogaonet no Instagram e fique por dentro das últimas notícias do Botafogo:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas