Com defesa do Bota em alto nível, Oswaldo se permite sonhar

Compartilhe:

Depois de 10 rodadas no Campeonato Brasileiro, o Botafogo sofreu apenas oito gols. O time tem a segunda defesa menos vazada da competição, atrás apenas do Corinthians, que levou cinco. Ao vencer o Vitória por 2 a 0, quinta-feira, no Maracanã, e passar pelo quarto jogo sem sofrer gols, assumiu a liderança, com 20 pontos.

A mistura de jovens e veteranos no setor defensivo, aliada ao comportamento dedicado dos jogadores ofensivos, vem ajudando o Botafogo a manter esse padrão. No ano passado, por exemplo, o time havia sofrido 15 gols nas 10 primeiras rodadas, quase  o dobro da situação atual.

A posição na tabela e a demonstração de força do time servem como argumentos de avaliação do técnico Oswaldo de Oliveira sobre o trabalho e futuro do Botafogo no Campeonato Brasileiro. Ele entrou na campanha de Seedorf e se permite sonhar.

– É cedo para falar em título. Foram apenas 10 jogos de um total de 38, mas o encaminhamento está excelente. Isso pode amadurecer para realizar o sonho ao qual o Seedorf se referiu. Humildemente, posso dizer que o Botafogo não foi dominado por qualquer adversário até agora. Mesmo perdendo ou empatando, nossa participação foi boa e poderíamos até ter conseguido mais pontos – comentou.

Uma das diferenças em relação ao ano passado é a chegada de Bolívar. Contratado no começo do ano, assumiu a posição de titular e formou com Dória uma dupla de zaga de respeito. Para Oswaldo, contra o Vitória, ele só foi superado por Gabriel.

– O Gabriel é um capítulo à parte. O garoto era o quinto volante do time júnior no ano passado e veio treinar para completar os profissionais. Foi crescendo e hoje é o que esta aí. Falo isso porque ele sabe encarar o que estou dizendo. Comentei no intervalo sobre a partida fabulosa que estava fazendo. É difícil um garoto da idade dele com essa maturidade e expressão profissional. Depois da torcida, o que mais me empolgou foi o Gabriel – comentou Oswaldo.

A defesa do Botafogo terá mais um desafio domingo, contra o Vasco, no Maracanã, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários