Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Com gol de Luis Henrique aos 50 do segundo tempo, Brasil avança no Mundial Sub-17

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

O Brasil conseguiu a classificação de forma dramática para as quartas de final do Mundial Sub-17, realizado no Chile. O time massacrou a Nova Zelândia, mas viu o adversário desperdiçar uma penalidade. Somente aos 50 minutos da etapa complementar conseguiu fazer um gol de pênalti para decretar a vitória por 1 a 0, no Estádio Sausalito.

O botafoguense Luis Henrique, que errou pelo menos quatro boas oportunidades, se tornou o herói da partida. A equipe comandada por Carlos Amadeu enfrentará o vencedor do duelo entre Nigéria, atual campeã, e Austrália, que se encaram no estádio Sausalito, nesta quarta-feira.

Na primeira etapa, o Brasil promoveu um massacre na defesa neozelandesa, com mais de oito oportunidades de abrir o marcador. O atacante Luis Henrique perdeu três chances claras, mas parou nas defesas do goleiro Woud, que foi o melhor jogador em campo.

O domínio era tão amplo que o time canarinho chegou a 80% da posse de bola e o arqueiro Juliano mal tocou na bola.

No segundo tempo, o centroavante da equipe carioca desperdiçou outra grande oportunidade aos dois minutos. Após lançamento, o atacante Arthur dividiu com o goleiro, Luis Henrique ficou com o rebote e chutou, mas em cima da zaga.

Mesmo inferiores no duelo e praticamente sem atacar, os neozelandeses tiveram a melhor oportunidade de abrir o placar, de pênalti. Aos 21 minutos, o atcante Imrei girou dentro da área e foi derrubado pelo defensor Klebinho, que recebeu cartão amarelo. Na cobrança da penalidade, porém, McGarry chutou muito mal por cima do gol.

O Brasil ficou acuado logo depois disso, com um certo domínio da Nova Zelândia. A seleção, porém, retomou o controle na parte final do jogo e criou mais oportunidades. No último lance da partida, Matheuzinho fez jogada individual e tocou para Eron. O árbitro marcou penalidade após Luis Henrique dividir a bola com McGarry e cair dentro da área.

O atacante do Botafogo, que havia desperdiçado grandes oportunidades durante o jogo, pegou a bola e foi cobrar o tiro livre. Ele chutou forte no canto direito de Woud, que não conseguiu fazer a defesa. Logo após esse lance, o juiz apitou o final de jogo.

Outro jogo pelas oitavas de final do Mundial Sub-17:

México 4 x 1 Chile

Notícias relacionadas
Comentários