Ronny não viveu um grande ano no Botafogo. O meia passou sete meses em recuperação de uma lesão nos ligamentos do joelho esquerdo, e fica no banco de reservas neste domingo, às 19h30 (de Brasília), contra a Chapecoense, pela 36ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com experiência no futebol catarinense (Figueirense e Criciúma), o jogador espera ajudar o técnico Vagner Mancini na Arena Condá.

“Conversei com o Mancini e falei que em casa a Chapecoense é muito forte. Principalmente no início a torcida empurra, os jogadores aproveitam o campo pequeno e usam muito a bola na área. O Botafogo precisa ficar muito ligado nesses primeiros 15 minutos”, comentou.

O atleta ainda não sabe se segue no Fogão em 2015. “Vivi momentos de angústia nesses seis meses de recuperação, mas tive o apoio de todos no clube e pretendo ajudar, sendo mais uma opção para o Mancini no banco. Agora é pensar que temos uma pequena chance de sair dessa situação e precisamos nos apegar a ela”, finalizou.

Fonte: FutNet