Os três gols marcados pelo Bangu fizeram com que Loco Abreu despertasse o interesse do Brasiliense. O clube do Distrito Federal entrou em contato com o atacante para tentar sua contratação para o Campeonato Brasiliense.

Foi o presidente do clube, o ex-senador Luis Estêvão, quem solicitou o reforço do atacante uruguaio. Detalhe: o dirigente comanda o Brasiliense do Complexo Penitenciário da Papuda, onde cumpre pena de 31 anos por corrupção desde março do ano passado.

O Campeonato do Distrito Federal já está em andamento, com duas rodadas disputadas. A intenção do Brasiliense é tirá-lo imediatamente do Bangu.

Fonte: Extra Online