Com veto do Botafogo pela Arena, Fla-Flu pode ser realizado em Volta Redonda

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Depois de o Fluminense se acertar com o Botafogo e confirmar o Fla-Flu para o dia 13 de outubro na Arena da Ilha do Governador, a Federação de Futebol do Rio recebeu, nesta terça-feira, um documento do Glorioso alegando impossibilidade técnica e comercial para a realização da partida.

À CBF, o Botafogo citou a falta de um acerto econômico com o Tricolor – que irritou a diretoria alvinegra – e a preocupação com o desgaste do gramado do estádio, por conta da sequência de jogos. Na véspera, o Glorioso receberá o Internacional na Arena.

Outra dor de cabeça de última hora foi o rompimento de uma tubulação de esgoto no local. Mas o Botafogo acredita que resolverá o problema a tempo do confronto com o Colorado.

Em nota oficial, o Fluminense disse que foi informado do problema pelo Alvinegro na manhã desta terça-feira e que estuda um novo local para a realização da partida. A tendência é que o confronto seja marcado para o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

– Na qualidade de visitante, cumpre-nos aguardar a decisão do mandante para promover a correspondente programação do jogo – disse Flávio Godinho, vice-presidente de futebol rubro-negro.

O Flamengo via com cautela a decisão, pois preferia jogar em Manaus com venda de ingressos dividida entre os clubes. Na Arena da Ilha, o Fluminense terá 90% da carga e o Rubro-negro, 10%. A CBF deve dar um parecer ainda nesta terça sobre o local do jogo. O estádio Serra Dourada, em Goiás, era uma opção.

Notícias relacionadas