(Começou no Botafogo) Novidade nos clubes, 99Taxis usa crise por espaço no futebol

Compartilhe:

Um pequeno logo amarelo vem aparecendo cada vez mais nofutebol brasileiro. O aplicativo 99Taxis, para pedir táxis por smartphone, apareceu nos últimos meses como um alento para os endividados cofres dos clubes brasileiros. A empresa já tem acordos fechados para estampar a sua marca no Corinthians , Cruzeiro,Atlético-PR , Coritiba, Botafogo Sport até o fim do ano, além de patrocínios pontuais, como o feito com o Santos para a final doCampeonato Paulista . O objetivo dela é claro: aproveitar o momento de baixa nos patrocínios de camisa para usá-las como arma para popularizar o aplicativo em todo Brasil.

“A gente estava buscando grandes mídias, um jeito de aparecer com a marca ativamente para as pessoas e buscou no futebol um teste para ver se ajudava. Ajudou, a repercussão foi imensa. A gente teve um ganho de mídia, um buzz na internet que falava do patrocínio. Muita gente que conhecia falando do aplicativo e a gente decidiu aplicar isso em outros testes dentro da nossa ideia de crescimento nacional”, explica Pedro Somma, gerente de operações da 99Taxis.

A empresa nasceu em São Paulo no ano de 2012, expandindo para outros Estados em 2013. Hoje, ela atua em mais de 300 cidades do Brasil. A ideia de usar o futebol como o marketing surgiu como um teste no começo de 2015, quando a marca fechou um patrocínio pontual com o Botafogo para o clássico com o Vasco . Acabou saindo melhor do que o esperado, o que motivou a fechar em definitivo com o clube carioca e buscar novos parceiros. Até o momento a estratégia tem surtido efeito.

“A gente viu um crescimento massivo no número de citações na internet, que multiplicou por cinco, até dez vezes. E fora isso downloads. passageiros baixando o aplicativo, usando ele pela primeira vez. O futebol impactou bem neste ponto”, conta Somma.

O acordo mais recente em São Paulo é com o Corinthians. A empresa vai estampar os ombros da camisa alvinegra até o final do ano. Em um evento realizado pelo clube no início de 2015, o local estava avaliado em R$ 6 milhões, mas a 99Taxis deve pagar apenas um pouco mais do que a metade disso, já que fechou o acordo apenas por sete meses.

“A negociação foi bastante tranquila. O Corinthians tem uma tabela, faz essa negociação normalmente. A gente se aproximou, negociou e no final eles se mostraram bastante abertos para conversar”, disse o gerente da empresa.

Seria impensável alguns anos atrás um aplicativo de celular dominar as camisas dos clubes brasileiros, mas a crise no mercado ajuda a 99Taxis. O Corinthians não conseguiu elevar os valores na sua renovação com a Caixa, o seu patrocinador principal, e o São Paulo não conta com um patrocínio máster desde o fim da Copa do Mundo, por exemplo. A 99Taxis não esconde, aproveita o seu bom momento, enquanto os competidores estão em baixa, para ganhar espaço.

“O momento não é bom para grandes empresas no geral no Brasil. É um momento que realmente está sendo bom para a gente negociar esses valores, não só na camisa de futebol. Acho que a está sendo uma onda legal para a gente. Obviamente é uma negociação cara, mas acaba valendo o investimento”, afirma Pedro Somma.

Ainda assim, o “domínio” da 99Taxis tem prazo de validade, pelo menos por enquanto, já que todos os seus contratos vão apenas até o final do ano. O retorno dos patrocínios no Campeonato Brasileiro deve decidir qual será a estratégia posteriormente, mas a empresa já estuda fazer em clubes interessados o mesmo modelo que já implmenta no Botafogo, onde sócios-torcedores do clube ganham vantagens na hora de pedir um táxi pelo aplicativo.

“A gente está conversando com alguns (clubes) mais, mas preferimos não abrir. Queremos aumentar a nossa cobertura nacional e tem alguns projetos na mesa. A ideia do futebol é que todos os nossos contratos são  para o Campeonato Brasileiro. Até o final desse ano a gente vai fechar o plano para entrar no futebol como uma mídia para a gente, um jeito de ganhar conexão”, explica Somma.

“A gente já tem parceria com sócio-torcedor do Botafogo e a estamos conversando com outros clubes também. Qualquer clube que quiser conversar a gente está conversando. Para a gente é ótimo, é um público super ativável. O clube já tem uma relação boa e gente pode fazer o ele ganhar sócio-torcedores, é um grande atrativo e obviamente a gente tem um público aí”, analisou o representante da 99Taxis.



Fonte: Terra
Comentários