Comentarista critica trabalho de Barroca no Botafogo: ‘Time é um deserto de ideias’

24 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Paulo César Vasconcellos analisa Fluminense 2x0 Botafogo
Reprodução/SporTV

O Botafogo colecionou neste a nona derrota em dez jogos desde a chegada do técnico Eduardo Barroca, ao ser superado pelo Fluminense por 2 a 0 em São Januário. Paulo Cesar Vasconcellos, comentarista do SporTV, criticou o trabalho do treinador alvinegro durante a transmissão do jogo.

O time é um deserto de ideias. Até agora, você pode argumentar que ele pegou o elenco já destroçado, já completamente desidratado, sem confiança, mas não se vê nada que sinalize para o torcedor que há uma perspectiva. A equipe é improdutiva, ofensivamente não consegue criar nada e do ponto de vista defensivo é uma equipe que marca muito mal, espaçada, com jogadores chegando atrasados – afirmou Vasconcellos.

O comentarista sinalizou que a diretoria do Botafogo deve pensar bem se vale a pena ou não manter Barroca para a próxima temporada.

Não sei o que a nova direção pretende para o seu futuro, mas o trabalho do Barroca, independentemente da situação que ele pegou o time… Eu não consigo visualizar nada de digital do Barroca na equipe – afirmou o comentarista, concluindo:

– Não há ordenação, é o incansável Caio Alexandre em busca do Babi ou do Navarro nesse final… Não tem organização, o time está moralmente abatido. Moralmente o Botafogo já está rebaixado.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas