Ex-banderinha da CBF aspirante à Fifa, apresentadora e comentarista de arbitragem, Fernanda Colombo deu razão ao Botafogo nas reclamações no clássico com o Flamengo. Ela publicou texto no site “Metrópoles.com”.

Leia abaixo:

O Botafogo reclamou muito contra a arbitragem do clássico. E com razão. O árbitro poderia ter expulsado três jogadores que foram fundamentais na vitória do Flamengo: Gabigol, Cuéllar e Rafinha. Mas por que o juizão não distribuiu o vermelho?

Simples, ele tentou levar a partida na base da conversa em vez de aplicar a regra. E no lance mais claro de expulsão, a entrada de sola do Cuéllar no tornozelo do Marcinho, o VAR nem deu as caras. Concordou com a decisão de campo. Preservar a partida não é errado e nem desonesto, mas é um tiro no escuro que pode dar certo ou não. Ontem deu errado.

Vamos analisar os lances:

1 – Falta de ataque do Botafogo antes do gol?
O Flamengo reclamou de um empurrão do Carli em Bruno Henrique antes do gol do Cícero, do Botafogo. Acontece que quando houve o empurrão, a bola não estava em jogo. Para uma falta ser cometida a bola precisa estar sendo disputada. Portanto, acerto da arbitragem ao validar o gol.

2 – Cuéllar, do Flamengo, deveria ter sido expulso por pisão de sola no tornozelo de Marcinho
Lance claro de vermelho, principalmente pela forma (sola) numa parte sensível, que é o tornozelo. O árbitro deu apenas amarelo e, pior, o VAR concordou com a decisão de campo, provavelmente porque Marcinho não se lesionou. Erro grave, deveria ter sido revisado. Esse é o típico lance da série “É para isso que existe o VAR!”

3 – Gabigol pintou e bordou dentro de campo
Aliás, não foi só ele, Diego Souza também. Reclamavam de tudo. Só que o Gabigol já estava pendurado. Ele fez o que quis e sobrou até para a bandeira de canto. Comemorou o gol de maneira provocativa na frente do banco de reservas do Botafogo. Mereceu por duas vezes o segundo amarelo, mas só ganhou conversa e, de quebra, ainda fez um gol e participou do outro tabelando com Rafinha.

4 – Falando em Rafinha, a nova contração do Flamengo comeu a bola
Participou dos três gols. Nos dois últimos, só estava em campo graças ao árbitro, que não o mandou para o chuveiro mais cedo. Já pendurado, ele deu um carrinho em Alex Santana. Lance típico de amarelo, acertou apenas o pé do jogador botafoguense. O árbitro economizou o cartão de novo.

Por tudo isso, a arbitragem de campo e de vídeo vacilou no jogo de ontem e acabou prejudicando o Botafogo.

 

‘Esse jogo vai virar, eu quero ser o vencedor!’ 🎶
Não perca Atlético-MG x Botafogo nesta quarta-feira!
⬇ ACREDITE NA VIRADA E ASSISTA AO VIVO e DE GRAÇA
Como assistir Atlético-MG x Botafogo ao vivo pela Copa Sul-Americana

Fonte: Metrópoles.com