Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Comentarista ironiza Botafogo para defender Anderson Barros, do Palmeiras: ‘Como faria milagre? É dirigente, não mágico’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Anderson Barros, gerente de futebol do Palmeiras
Fabio Menotti/Palmeiras

O comentarista Mauricio Borges, o Mano, do “Fox Sports”, ironizou o Botafogo para defender Anderson Barros, atual diretor de futebol do Palmeiras. No programa “Fox Sports Rádio”, o jornalista alfinetou a situação do clube alvinegro.

O apresentar Benjamin Back leu comentário de internauta no ar.

– O Felipe Oliveira fala aqui que Anderson Barros fez trabalho pífio no Botafogo, culminando em brigas seguidas contra o rebaixamento e gastando dinheiro com jogadores duvidosos. Como prêmio virou homem-forte de um dos times mais ricos do país. E querem reformular o elenco? – leu Benja.

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

Mano interrompeu e fez os seguintes comentários.

– O que o Anderson Barros poderia fazer de milagre no Botafogo? Convenhamos. É querer fazer banquete no lugar que não tem comida. Você está de brincadeira. É dirigente, não é mágico. Você quer abrir churrascaria em lugar que é movido pela miséria. Desculpe o Botafogo, mas não tem poder financeiro para investir. Se fizesse trabalho milagroso no Botafogo, não deveria estar aqui. Devia estar na Bíblia citado junto com Jesus e Moisés, abrindo mares, caminhando sobre as águas. Vocês estão de brincadeira – declarou Mano.

– Na época do Schumacher, um abraço para ele, que ele se restabeleça, ou o Hamilton atualmente… Dá o carro do Flavinho (Flávio Gomes, comentarista), acha que ele chega na esquina? Não chega. Só se ajudarmos a empurrar – completou.

O comentário gerou críticas de botafoguenses:

Fonte: Redação FogãoNET e Fox Sports

Notícias relacionadas
Comentários