O caso envolvendo a renovação de Sassá anda dando pano pra manga e nesta terça-feira a novela ganhou mais um episódio, depois que alguns torcedores que estavam no estádio Nilton Santos cercaram o atleta para cobrar empenho e que ele continue no Botafogo. Porém, apesar dos atos de indisciplina que levaram o clube a punir o jogador, o jornalista Maurício Borges acredita que esse afastamento é bem mais prejudicial para o Glorioso.

“Não tem que fazer loucura [para renovar o contrato], mas a maior loucura do Botafogo é afastar o Sassá. Ele foi punido no último jogo do clube, na estreia do Brasileiro, mas com essa atitude o Botafogo não pune apenas ao Sassá, pois o clube também é punido”, analisou Borges no programa Fox Sports Rádio, que teve sua opinião avalizada pelo ex-jogador Edmundo.

“Concordo com você. O maior prejudicado nesta história é o próprio Botafogo”, concordou o “Animal”.

Meio a todo este imbróglio, Sassá parece não querer mesmo permanecer no clube, já que segundo divulgado pela imprensa, o atleta quer R$ 5 milhões de luvas para renovar o seu vínculo com o Glorioso, além de mais de R$ 300 mil de salário.

Nesta terça, o jogador realizou atividades apenas na academia do clube e não participou dos treinos com o restante do grupo comandado por Jair Ventura.

Fonte: Torcedores.com