A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) não poderá mais permitir que os times façam até cinco substituições em partidas do Campeonato Carioca. A partir da quarta rodada da Taça Guanabara, que acontece no próximo fim de semana, o Estadual voltará a respeitar as determinações do Comitê Internacional das Associações de Futebol (Ifab, na sigla em inglês), que limita a três o número de trocas.

O retorno ao regulamento tradicional foi informado em nota oficial pelo diretor de competições da Ferj, Marcelo Vianna, como forma de adequação ao que pedem a CBF, “entidade de hierarquia superior”, e a Ifab, “controladora das regras do futebol”. Anteriormente, a Ifab havia entrado em contato com o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, para pedir esclarecimentos sobre o caso, conforme antecipou o site “Globoesporte.com”.

“As Regras do Jogo foram atualizadas na última edição 2017/2018, permitindo que as associações nacionais façam mais de três substituições, exceto em competições envolvendo os times principais dos clubes da divisão principal ou um time internacional”, dizia parte do e-mail da Ifab.

Ainda com as cinco substituições em vigor, o Vasco encara a Cabofriense às 17h (de Brasília) desta quarta-feira. No mesmo dia, às 19h30, o Flamengo recebe o Bangu e, às 21h45, o Fluminense enfrenta a Portuguesa-RJ. A rodada começa já nesta terça, com Madureira x Boavista, às 16h30. Na quinta, mais duas partidas: Nova Iguaçu e Volta Redonda duelam às 16h30. O Macáe, por sua vez, recebe o Botafogo, às 19h30.

Fonte: O Globo Online