Confronto entre amigos portugueses marca Botafogo x Al Ahli no Mundialito na areia

Compartilhe:

Eles já jogaram juntos no Sporting, no Botafogo e na seleção portuguesa. A amizade vai além das areias. Mas, dentro de quadra, basta o árbitro apitar o início da partida para que a rivalidade venha à tona. Será assim no jogo entre o Botafogo e o Al-Ahli, nesta quarta-feira, às 13h30m, no 3º Mundialito de Clubes, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. De um lado, o brasileiro naturalizado português Alan, que defende as cores do Glorioso. Do outro, Madjer e Belchior, principais destaques do time dos Emirados. Na primeira edição do torneio, em 2011, o trio sagrou-se vice-campeão pelo Sporting após cair diante do Vasco da Gama.

Natural de João Pessoa (PB), Alan viveu em terras lusitanas por 13 anos e considera Madjer um irmão. Durante a temporada, o atleta se divide entre o Rio de Janeiro e a Europa, onde disputa campeonatos em Portugal, na Itália e na Rússia. 

– O Madjer foi como um irmãozinho quando eu morei em Portugal, jogamos na seleção portuguesa por 15 anos e meio, e joguei 11 com o Belchior. É muito bom jogar com eles, mas, vamos dar tudo para o Botafogo ganhar. Depois, vem a amizade. Na quadra, é rivalidade, muita rivalidade, e aqui não será diferente. É só soar o apito para a disputa começar, sempre com respeito e sem prejudicar um ao outro – contou o luso-brasileiro.

Mundialito de Volei Belchior Alan e Madjer (Foto: Alexandre Loureiro / Inovafoto)
Duelo português marca rodada: Alan, do Botafogo, encara Belchior e Madjer, do Al-Ahli (Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto)

Endossando as palavras do amigo, Belchior revelou que a amizade não muda, mesmo quando estão em lados opostos. Confiante em bons resultados, o português revelou que o Al-Ahli não vai pular etapas, e sim, conquistar o seu espaço jogo a jogo. O único obstáculo apontado pelo atleta é o forte calor (nos treinos da última terça-feira, os termômetros marcaram 50º C).

– Há sempre amizade entre nós e o Alan, mas o importante é vencer, portanto, não haverá “jogo amigo”. A nossa expectativa no torneio é a melhor, acreditamos no nosso potencial e vamos ganhar jogo a jogo até chegar ao topo. O calor é que está impossível, mas a previsão é diminuir e o futebol de areia é um esporte de verão. Prefiro jogar com um calor forte do que com chuva – analisou Belchior, escolhido como o melhor jogador da Liga dos Emirados Árabes deste ano.

Maior artilheiro da história dos Mundiais, com 79 gols, e eleito seis vezes o melhor jogador do mundo, Madjer não vê apenas um favorito na briga pelo lugar mais alto do pódio em Copacabana. O craque, que também vê Alan como um irmão, destacou o equilíbrio de forças no torneio, mas apostou na torcida dos times cariocas como diferencial na disputa.

– O campeonato está bastante equilibrado, e todos vão trabalhar para ser campeões. Pudemos ver este equilíbrio no jogo de abertura. O Corinthians era apontado como favorito e enfrentou dificuldades para vencer o Flamengo, qualquer um poderia ter vencido. Os times brasileiros, principalmente, os cariocas, estão em casa e jogam com o público. Será um belo espetáculo.

Além do duelo entre brasileiros e árabes, a segunda rodada do Mundialito terá outros três jogos: Corinthians x Peñarol, Vasco x Barcelona e Flamengo x Milan. O evento terá transmissão ao vivo do SporTV. Na primeira rodada, o Corinthians superou o Flamengo, com a casa cheia. 

Confira a programação do 3º Mundialito de Clubes:

Domingo (Dia 10)
Flamengo 1 x 2 Corinthians

Quarta-feira (Dia 13)
13h30m – Botafogo x Al-Ahli
a seguir – Corinthians x Peñarol
16h – Vasco da Gama x Barcelona
a seguir – Flamengo x Milan

Quinta-feira (Dia 14)
13h30m – Botafogo x Barcelona
a seguir – Al-Ahli x Vasco da Gama
16h – Peñarol x Flamengo
a seguir – Corinthians x Milan

Sexta-feira (Dia 15)
12h30m – Barcelona x Al-Ahli
a seguir – Milan x Peñarol
15h45m – Vasco da Gama x Botafogo

Sábado (Dia 16)
10h30m – semifinal 1
11h45m – semifinal 2

Domingo (Dia 17)
8h – Disputa de 3º lugar
10h – Final

Fonte: Globoesporte.com

Comentários