O ídolo argentino Verón se aposentou dos gramados na noite desta quinta-feira (25) aos 42 anos com a vitória de seu Estudiantes sobre o Botafogo por 1 a 0, na última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

O volante, que também é presidente do clube, atuou durante os 90 minutos e foi substituído aos 42 da etapa final para ser saudado pelos torcedores presentes. Uma grande faixa na arquibancada foi estampada com os dizeres: “Se retira o jogador e nasce a lenda”.

“Fica o agradecimento. Estou contente de poder jogar tanto tempo. Foi muito intenso”, disse o agora ex-jogador à Fox Sports.

Técnico do Botafogo, Jair Ventura se declarou fã do argentino e foi só elogios:

“Um craque. Desde garoto sou fã do Verón. Fui lá dar um abraço nele depois do jogo. Escreveu uma história linda e o futebol vai sentir falta. Um jogador diferenciado”.

Apesar da vitória, o Estudiantes foi eliminado da Copa Libertadores. O clube, no entanto, garantiu vaga para a Copa Sul-Americana e alguns garantem que Verón ainda pode fazer aparições na competição.

Fonte: UOL