Keisuke Honda já é jogador do Botafogo. O contrato do japonês com o Glorioso terá duração até o fim de 2020, mas uma cláusula permite que pode ser rescindo após os Jogos Olímpicos de Tóquio, caso uma das partes deseje, informa a repórter Camila Carelli, da Rádio Globo.

Ainda de acordo com a jornalista, Honda terá um salário dentro do teto estipulado pela diretoria alvinegra, mas irá receber bonificações por metas (não gols propriamente).

Além disso, Honda vai arcar com os custos pessoais dele e do personal que irá acompanhá-lo, Taichi Oshita. Esse profissional auxiliar não irá intervir no trabalho do dia a dia do clube no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Twitter da repórter Camila Carelli, da Rádio Globo