De férias, Túlio Maravilha analisa as propostas para o gol 1.000

Compartilhe:

Túlio Maravilha está de férias. Após encerrar a disputa da Copa Espírito Santo pelo Vilavelhense, o atacante está em Goiânia com a família. O contrato com o clube capixaba termina no dia 5 de outubro, mas a permanência é complicada. O jogador de 44 anos diz que está há um mês sem receber salário, o que deve fazê-lo deixar o clube na reta final da sua busca pelo milésimo gol – o clube capixaba, no entanto, nega o atraso e acusa o jogador de falta de respeito.

Com 999 gols na carreira, segunda as suas contas, Túlio não abandona o assunto durante o descanso. Lembra que a festa está próximo, mas reafirma que o palco deve ser outro e admite até mesmo uma circunstância diferente.

– O gol mil sai este ano. Pode ser no meio de setembro, outubro… Tenho até dezembro. A primeira opção é marcar o milésimo numa partida oficial, mas também não descarto amistosos. O compromisso (com o Vilavelhense) ainda existe, dura até o fim deste mês. Mas, pelas pendências salariais, podemos entrar em acordo e resolver isso.

Outro dado pesa para a saída do atacante do clube capixaba. Com a eliminação na Copa Espíto Santo, o time não tem nenhum compromisso oficial até o fim do ano. Por outro lado, quem garante estar perto de contratar Túlio Maravilha é o Goytacaz. A diretoria do clube do interior do Rio de Janeiro afirma já estar negociando há algum tempo, o que foi desmentido pelo próprio jogador. No entanto, o atacante mostra que está acompanhando a rotina de Campos.

– Eles não ligaram. A última informação que tivemos, através da imprensa, é de que jogaram na quarta e depois disseram que iriam entrar em contato comigo. Mas não fui procurado por ninguém – garantiu Túlio.

Túlio se refere a uma declaração dada pelo gerente de marketing do Goytacaz, José Douglas Souza, antes da estreia da equipe na Copa Rio. O gerente garantiu que retomaria as conversas com o jogador após o jogo, mas na última sexta-feira admitiu que o contato não aconteceu. No entanto, em nova declaração, o dirigente deu até detalhes da negociação. Segundo ele, as conversas já estão acontecendo há semanas, e Túlio, inclusive, fez uma proposta que o clube está analisando.

– Eu não cheguei a ligar porque, na verdade, nós chegamos de viagem do jogo da Copa Rio e fomos resolver alguns assuntos internos. A declaração da mulher dele, que ninguém o tinha procurado, não caiu muito bem. Nós entramos em contato diretamente com o Túlio. Não sei se ele não passou para ela, não sei se eles querem que a conversa fique em off, se ele desistiu. Realmente não sei. O que acontece é que ele não quer um contrato de um mês, quer de três. Posso garantir que na segunda-feira entraremos em contato com ele – afirmou Douglas.

Apesar de negar com veemência o contato, Túlio não descarta defender o Goytacaz. O atacante adiantou que analisa propostas, mas que nenhuma ainda o satisfez. Declaração que coincide com a do dirigente do Goytacaz, que afirmou ter divergências no tempo de contrato.

– Claro que tenho interesse em defender o Goyta. Assim como tenho em defender qualquer clube. Já tenho algumas propostas em andamento, mas nenhuma me seduziu por enquanto. Sou profissional. Vou analisar todas as propostas que receber.

Chuteira Tulio Maravilha (Foto: Divulgação / Puma)Túlio Maravilha beija chuteira feita para marcar o milésimo (Foto: Divulgação / Puma)

Segundo o dirigente do Goytacaz, há até mesmo cobranças da torcida após as primeiras notícias das conversas. Douglas esbanja otimismo e chega até cravar as possibilidades de acerto com Túlio.

– Posso dizer que existe 60% de chances de ele vir. O Túlio logo estará livre de contrato, e o nosso clube não tem dívidas. O que acho incrível é que, em todo o lugar que vou, o torcedor me pergunta: “E o Túlio?”. A torcida está cobrando, e muito. Amanhã (domingo) teremos nosso primeiro jogo em casa. Só aí iremos mensurar essa cobrança.

O Goytacaz segue em busca de um jogador para alavancar o marketing do clube. No início do ano, o time de Campos contratou o também folclórico atacante Clodoaldo, nacionalmente famoso após a torcida do Fortaleza com o “Rap do Clodô”, em 2002. No Goyta, o centroavante de 34 anos também obteve sucesso dentro de campo, sendo o artilheiro do time na Série B do Carioca. No entanto, lesões atrapalharam a sequência do jogador, que teve o contrato rompido em junho.

Torcida do Goytacaz faz campanha nas redes sociais para ter Túlio Maravilha (Foto: Reprodução Facebook)Torcida do Goytacaz faz campanha nas redes sociais para ter Túlio Maravilha (Foto: Reprodução/Facebook)


Fonte: Globoesporte.com
Comentários