De ídolo a ‘odiado’ no Botafogo, atacante se aposenta e vai virar treinador

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Por duas décadas, Dodô se destacou por gols bonitos e artilharia em todos os clubes que atuou. No entanto, aos 41 anos, o agora ex-atacante, confirmou sua aposentadoria de futebol e revelou o desejo de ser treinador a partir da próxima temporada.

“Estou aposentado. Fui de férias para o Estados Unidos manter a forma e acabei treinando no Fort Lauderdale Strikers. Mas não estou mais na fase de jogar”, revelou o ex-centroavante.

Sem atuar profissionalmente desde 2013, Dodô chegou a ser cogitado no time norte-americano, durante os treinamentos que realizava pelo clube. Mas, durante este período, o pensamento do “artilheiro do gols bonitos” revelou que estava se preparando para virar técnico em 2016.

“Fiz um curso da CBF para ser treinador junto com o Athirson este ano e estou me preparando para, quem sabe, ano que vem trabalhar com isso”, acrescentou.

Dodô iniciou sua carreira profissional em 1989, com a camisa do Nacional/SP, onde marcou 76 gols em 130 jogos, durante cinco anos. O ex-atacante também defendeu equipes como Santos, Palmeiras, São Paulo (93 gols), Vasco, Fluminense, Goiás e Botafogo (90 gols). Nos últimos anos de sua carreira, defendeu equipes de “menor expressão”, tais como Guaratinguetá, Grêmio Osasco e Barra da Tijuca.

Notícias relacionadas