A velha frase de “O bom filho à casa torna” pode ser aplicada na situação envolvendo o Vitória e o meio-campista Dudu Cearense. Isso porque, já com 35 anos de idade, o atleta que optou por não renovar seu contrato junto ao Botafogo, equipe que defendia desde 2016, estaria negociando para retornar a equipe que o revelou para o mundo do futebol.

Segundo veiculou nessa semana o portal local Bahia Notícias, a única condição nesse momento que resta a ser cumprida para que a transação se confirme seria o sinal positivo do técnico recém-contratado, Marcelo Chamusca, para que os trâmites sejam devidamente concluídos.

Apesar de ter ficado dois anos no Bota, Dudu teve poucas oportunidades seja por opção técnica ou mesmo os constantes problemas de lesão que vem enfrentando. Logo, seu retorno ao clube baiano pode significar uma última “volta por cima” para o atleta que já entra na parte final de sua vitoriosa trajetória.

Pelo Leão da Barra, o jogador que surgiu no ano de 2001 tem no currículo a conquista de dois títulos estaduais (2002 e 2003) além da Copa do Nordeste conquistada também na temporada de 2003. Entre o ano em que subiu para a equipe profissional e quando foi negociado com o Kashiwa Reysol foram 51 partidas e seis gols marcados.

Fonte: Terra e Bahia Notícias