Democracia: jogadores votam para decidir assuntos internos

Compartilhe:

Um dia depois de protestos contra os governantes que marcaram o país, os jogadores do Botafogo deram mais uma demonstração de força. Nesta terça-feira, em General Severiano, data da reapresentação do time depois de nove dias de folga, eles se reuniram em campo, sem a presença de membros da comissão técnica e da diretoria, e fizeram votações, como uma verdadeira democracia, para posicionar o grupo em relação a assuntos internos, como programação de treinos, concentração e jogos.

– Foi para resolver coisas internas. Uma conversa para sabermos a opinião de todos – disse o zagueiro Dória.

Em outras oportunidades, os jogadores já haviam feito o mesmo processo, mas dentro do vestiário. Desta vez, a atitude foi pública e até o zagueiro Antônio Carlos, que se recupera de uma lesão na coxa direita, deixou o vestiário para participar da reunião no campo. Gabriel e Sassá, gripados, e Cidinho, em recuperação de cirurgia no joelho esquerdo, ficaram fora da conversa.

reunião jogadores botafogo treino (Foto: Thales Soares)
Jogadores do Botafogo se reúnem em General Severiano (Foto: Fred Huber)

Havia a previsão, inclusive, de que o grupo se concentrasse em Pinheiral esta semana, mas a viagem foi cancelada na manhã desta terça-feira. A diretoria disse que a decisão foi tomada para evitar gastos extras. No entanto, os jogadores estavam dispostos a não viajar por causa do atraso de salários, que completará dois meses no dia 20.

Nesta terça-feira, eles receberam da diretoria a informação de que parte dos salários atrasados seriam quitados até o fim da semana. Além disso, o clube não pagou as premiações da temporada. A revolta deles é grande, já que a promessa era de que durante a folga o débito seria, pelo menos, amenizado.

O Botafogo ainda não definiu a sua programação para o restante da semana. O próximo jogo é contra o Figueirense, dia 3 de julho, ainda sem local definido, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários