O meia Diego Jardel ganhou a confiança do treinador Renê Simões e tem tudo para ser um dos principais jogadores do Botafogo. Ao menos nas primeiras semanas com a camisa alvinegra, o ex-jogador do Avaí demonstrou personalidade e qualidade na armação.

Motivação não falta para Diego Jardel. Em entrevista para a Rádio Globo, o jogador de 25 anos afirmou sua alegria de estar em um grande clube brasileiro.

“Não pensei duas vezes quando recebi a proposta. O projeto do Botafogo é muito interessante, muito sólido. Desde quando eu comecei no futebol catarinense sempre tive este desejo de vir para um grande clube do Rio”, disse Diego Jardel durante o programa ‘Futebol de Verdade’.

Além disso, Diego Jardel revelou que até mesmo a tranquilidade financeira já foi passada para os recém-chegados ao clube.

“Lógico que todo jogador quer saber a situação do clube. Assim que eu cheguei, o presidente brincou dizendo que poderia faltar lápis, papel ou qualquer outra coisa, mas o salário não faltaria. Dito e feito. No sábado antes do jogo contra o Boavista já recebemos o mês de janeiro”, garantiu e expôs a antecipação em cinco dias.

Apesar de ter se destacado no Avaí, o time do coração do catarinense é o grande rival de Florianópolis, o Figueirense: “Não tenho problema nenhum em falar disso. Sou Figueirense de coração. Mas nunca tive problemas em atuar pelo Avaí”, revelou.

Fonte: Goal.com.br e Rádio Globo