O Caxias volta a disputa da Copa do Brasil após dois anos. Será a 13ª participação do clube na história da competição, sendo que a última foi em 2018, quando enfrentou o Athletico-PR. Na oportunidade, no Estádio Centenário, acabou eliminado após empate em 0 a 0. Agora, no retorno à competição nacional, o time grená encara o Botafogo, também em casa. Será jogo único e, em caso de empate, os cariocas avançam.

— Dentro das possibilidades, não tinha muita opção. Todas são equipes de Série A do Brasileiro. Neste final de ano, quase todas passam por reformulação no elenco, então não sabemos quais jogadores estarão lá no próximo ano. Pela tradição, será um jogo difícil. Teremos tempo para preparar nossa equipe e fazer um bom jogo em casa. Por ser um confronto único, acredito que teremos a chance aumentada — destaca o gerente de futebol Ademir Bertoglio.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo

O confronto contra o Botafogo poderá render um bom valor financeiro para o clube. Se levar em conta a cota do ano passado, seriam R$ 600 mil em caso de classificação. Porém, antes de enfrentar o clube carioca, o Caxias terá jogos pelo Gauchão e não poderá descuidar suas atenções iniciais na temporada.

– A nossa estreia no Gauchão já é contra o Grêmio, que é uma equipe de Série A. Serão jogos difíceis no Estadual, e isso já vai nos preparar para enfrentar o Botafogo. Teremos que saber separar bem – projeta Bertoglio.

Contra o Fogão, o Caxias buscará quebrar um tabu. O time grená nunca venceu um carioca na Copa do Brasil. Em 2004, perdeu para o Fluminense por 3 a 1, e em 2013 foi derrotado pelo Resende, no primeiro jogo, por 2 a 1, e depois empatou em 0 a 0 na partida de volta.

Se o time de Lacerda avançar contra o Botafogo, terá pela frente Toledo-PR ou Náutico. Já na terceira etapa, pode encarar Palmas-TO, Paraná, Bahia de Feira ou Luverdense.

Vote na enquete abaixo:

Fonte: O Pioneiro