Após dois dias de folga, o Botafogo se reapresenta hoje com ânimo renovado. Se a vitória sobre o Flamengo no clássico de sábado não veio, ao menos o poder de reação para arrancar o empate após estar perdendo de 3 a 1 deu uma nova vida para o time reunir forças e se afastar da zona de rebaixamento, da qual está apenas a dois pontos de distância.

A semana sem jogos será crucial para o descanso e recuperação de um time que começa a ter de volta a seu elenco peças que ficaram fora durante muito tempo. Depois do zagueiro Joel Carli, escalado na Copa do Brasil contra o Bragantino após dois meses de ausência, Dudu Cearense poderá reaparecer. Ele se machucou em sua estreia e ficou 40 dias em recuperação. Está à disposição do técnico Ricardo Gomes para ser escalado contra a Chapeconse, no domingo.

—Estou muito motivado em voltar. A expectativa é muito grande. Espero voltar e não ter mais nada. Estou totalmente recuperado — disse o jogador.

DISPUTA ACIRRADA NO MEIO

Embora tenha voltado a treinar com bola na última semana, Dudu não enfrentou o Flamengo na estreia da Arena Botafogo, na Ilha, por ainda estar sem ritmo de jogo.

Com a suspensão de Airton, Dudu poderá até mesmo ser titular, mas terá que vencer a disputa pela vaga no meio-campo com Rodrigo Lindoso, Bruno Silva e Diérson.

— A briga pela posição é natural. Temos um meio-campo muito qualificado. Com certeza, só trabalhando muito, com paciência, conquistando a confiança do Ricardo Gomes poderei ter uma chance. Vou ter que mostrar em campo e corresponder à altura, quando eu tiver a chance — explicou.

A semana livre é um oásis em meio às tabelas apertadas. Prova disso é o cronograma alvinegro na próxima semana. Após a Chapecoense, o time terá o segundo jogo com o Bragantino pela Copa do Brasil, na quarta-feira. Na próxima segunda-feira, dia 1º de agosto, recebe o Palmeiras.

Fonte: O Globo Online