No revés de sábado para o Corinthians por 2 a 0, o Botafogo foi dominado em grande parte pelo adversário. Isso, em nada foi considerado terra arrasada por Eduardo Barroca. O treinador avisou que irá tirar “lições da derrota” e já planeja o duelo com a Chapecoense, no Estádio Nilton Santos, nesta segunda-feira, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Barroca terá a semana livre para ajustar o time. O adversário não vive boa fase na competição e luta contra o rebaixamento. Para o técnico, o principal problema a ser corrigido é melhorar a pontaria do Botafogo.

— Não fomos felizes na possibilidade de fazer os gols para tornar o jogo competitivo. Vamos tirar lições para o próximo jogo. O Campeonato Brasileiro é muito difícil, agora temos que virar a chave para a Chapecoense — salientou o comandante alvinegro.

Eduardo Barroca também enalteceu a importância de Diego Souza para a equipe. Na sua avaliação, o meia-atacante a foi o principal responsável por abrir espaços para o Botafogo contra o Corinthians.

— A partir agora vamos começar a pensar na Chapecoense para formatar um estilo de jogo adequado. Uma partida muito importante, dentro de casa. Para que a gente trabalhe na nossa plenitude e alcance a vitória. Contra o Corinthians, o Diego no primeiro tempo situou muito ali como meia, faltou para a gente ocupar os espaços que ele estava abrindo. O Diego chamou o jogo o tempo todo — destacou Eduardo Barroca.

Fonte: Extra Online